Toque de recolher deixa a sexta-feira de Salvador totalmente diferente

 Toque de recolher deixa a sexta-feira de Salvador totalmente diferente
Compartilha
[wp_bannerize group="Pub - Inferior notícias" random="1" limit="1"]

Os primeiros momentos do toque de recolher em Salvador deixaram a capital baiana diferente. Ruas desertas, mesmo em locais de tradicionais encontros e regiões de bares.

A partir das 22h, viaturas da Polícia Militar começaram a rodar por diversos bairros pedindo à população, através de avisos sonoros, que fiquem em suas casas.

Em locais como a região da orla, entre Rio Vermelho, Amaralina e Pituba, policiais militares fizeram fiscalização em bares e restaurantes, que só podem funcionar até as 21h30.

Além da fiscalização in loco, a Secretaria de Segurança Pública fará um Big Brother do estado para garantir a ausência de pessoas nas ruas.

Imagens de 1 mil câmeras da SSP instaladas na capital baiana, na Região Metropolitana de Salvador (RMS) e em algumas cidades do interior ajudarão no direcionamento de viaturas, caso seja visualizado algum descumprimento do toque de recolher.

Até o próximo dia 25 de fevereiro a circulação de pessoas nas ruas será restrita na maior parte do estado entre 22h e 5h.



Segundo a Secretaria de Comunicação do estado (Secom), as pessoas que descumprirem as ordens serão conduzidas à delegacia, onde uma ocorrência será registrada e encaminhada ao Ministério Público para a abertura de um processo criminal.

*Todos os comentários são de responsabilidade dos seus autores