Prefeitura anuncia ativação da fase verde em Salvador

 Prefeitura anuncia ativação da fase verde em Salvador
Compartilha

Quase dois meses após estar na fase amarela parcial, a Prefeitura ativa a fase verde do Plano Salvador de retomada das atividades econômicas, a partir desta sexta-feira (9). A decisão foi tomada após entendimento entre o prefeito Bruno Reis e o governador Rui Costa, ocorrido nesta quinta-feira (8). As informações estarão publicadas no Diário Oficial do Município (DOM).

A realização dessa iniciativa foi permitida devido às taxas de ocupação de leitos de UTI e de quantitativo de público acima de 18 anos que já tomou a primeira dose da vacina contra a Covid-19 na capital baiana, ambas em 58%. Além disso, contribuiu para a ação o novo decreto estadual do toque de recolher, que passa a valer da 0h às 5h.

Sendo assim, na fase verde, já retomam o funcionamento em horário livre e todos os dias: teatros, quadros e campos públicos municipais e parques de diversão. Os parques públicos municipais podem funcionar, mas de segunda a sábado. As praias também poderão ser abertas por mais um dia, ou seja, o público pode frequentar de segunda a sábado, igualmente sem restrição de horário – exceto a praia do Porto da Barra, que estará aberta de terça a sábado.

Também voltam a funcionar centros culturais, museus e galerias de arte, das 10h às 20h; espaços de eventos sociais (casamentos, aniversários, bodas, formaturas e afins), espaços de eventos infantis e circos, das 10h às 23h.

Passam a funcionar em novos horários: comércio de rua, das 9h às 19h; shoppings centers, centros comerciais e semelhantes, das 10h às 22h; e restaurantes, bares, pizzarias, temakerias e similares, das 11h às 23h30.

*Sem alteração* – Prosseguem com abertura todos os dias e em horário livre: serviços de saúde públicos e de pronto-atendimento; consultórios, clínicas particulares, odontológicas e de estética; supermercados, panificadoras, delicatessens, açougues e conveniências; farmácias e drogarias; agências bancárias e lotéricas; laboratórios de análises clínicas; postos de combustíveis e pontos de vendas de gás de cozinha; call centers; oficinas mecânicas e borracharias; cemitérios e serviços funerários; hotéis, pousadas e demais estabelecimentos de alojamento; academias de ginástica e similares; cursos livres; templos religiosos e igrejas; indústria; funcionalismo público não essencial; centros e espaços de convenção; e clubes sociais, recreativos e esportivos.

Funcionam também todos os dias: construção civil, das 7h às 17h; escritórios administrativos (contabilidade, consultoria e similares) e de advocacia, das 10h às 19h; autoescolas, das 10h às 20h; barbearias, salões de beleza e similares, das 9h às 20h; e cinemas, das 10h às 23h.

*Todos os comentários são de responsabilidade dos seus autores