PM-BA Investiga denúncia de assédio moral e sexual envolvendo subcomandante na 41ª CIPM.

 PM-BA Investiga denúncia de assédio moral e sexual envolvendo subcomandante na 41ª CIPM.
Compartilha
[wp_bannerize group="Pub - Inferior notícias" random="1" limit="1"]

O Comando de Policiamento Regional da Capital Atlântico abriu um procedimento apuratório para investigar denúncias de assédio moral e sexual imputadas ao subcomandante da Polícia Militar da 41ª Companhia Independente da Polícia Militar (41ª CIPM), localizada no bairro da Federação, em Salvador.

A informação foi confirmada pela Polícia Militar da Bahia (PM-BA) ao BNews por meio de nota encaminhada na manhã desta terça-feira (16). A reportagem procurou a instituição após ser procurada por uma oficial da 41ª CIPM.

Segundo o militar, ao menos três colegas de trabalho suas sofreram assédio moral e sexual por parte do subcomandante da unidade. De acordo com o relato, as oficiais preferem não se expor por medo de represálias e perseguições.

Em seu relato, ele descreve que uma das policiais buscou a Corregedoria depois que seu superior hierárquico “apalpou suas nádegas e simulou estar se masturbando com uma garrafa de álcool gel e demonstrou estar ejaculando espirrando uma quantidade de álcool”.

*Todos os comentários são de responsabilidade dos seus autores