Plataforma que mapeia conflitos urbanos é lançada no próximo dia 26

 Plataforma que mapeia conflitos urbanos é lançada no próximo dia 26
Compartilha
[wp_bannerize group="Pub - Inferior notícias" random="1" limit="1"]

Projeto é resultado de edital lançado pelo MP e foi desenvolvido por grupo de pesquisa da Ufba

Com apoio da Promotoria de Justiça, Habitação e Urbanismo do Ministério Público estadual, é lançado na próxima terça-feira, 26, o Pipoco, uma plataforma online colaborativa voltada para mapear conflitos urbanos em Salvador. Em formato de site, o Pipoco reunirá um conjunto de mapeamentos, informações e conhecimentos sobre conflitos que ‘pipocaram’ ou que ainda estão acontecendo, no período de 2013 a 2020, em territórios afetados por grandes intervenções urbanas.
O projeto é resultado de uma Chamada Pública Simplificada de Projetos realizada pelo MP em 2019, do Programa de Compensação Ambiental Urbana, Cidade Popular. Ele foi desenvolvido pelo grupo de pesquisa Lugar Comum da faculdade de arquitetura e urbanismo da Universidade Federal da Bahia (Ufba), em colaboração com o Coletivo Trama.
No lançamento serão apresentados mais de 120 conflitos mapeados na região do Centro Antigo. A intenção é que moradores, membros de associações, coletivos e movimentos urbanos também possam registrar conflitos na plataforma.

Fonte: MP-BA

*Todos os comentários são de responsabilidade dos seus autores