No Brasil, 17 estados ficam abaixo da média em avaliação de alfabetização

 No Brasil, 17 estados ficam abaixo da média em avaliação de alfabetização
Compartilha
[wp_bannerize group="Pub - Inferior notícias" random="1" limit="1"]

Uma avaliação federal feita com amostra de estudantes do 2º ano do ensino fundamental de escolas públicas mostra que 17 estados brasileiros não conseguiram alcançar a média do país em conhecimentos de língua portuguesa. Em matemática, foram 18 estados que não atingiram a média. O Bahia Notícias analisou a Bahia, que ficou abaixo da média em todas as áreas examinadas (leia mais aqui)

Os resultados reforçam o cenário de desigualdade educacional e evidenciam os bons resultados obtidos pelo Ceará nos últimos anos na alfabetização, mesmo com grande percentual de alunos pobres. Das regiões Norte e Nordeste, somente o Ceará conseguiu ficar acima da média nas duas disciplinas. Além disso, as crianças cearenses têm a maior média do Brasil tanto em português quanto em matemática.

Os resultados sobre a avaliação amostral, realizada em 2019, foram divulgados pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) nesta quarta-feira (4). Além do 2º ano, uma amostra de estudantes do 9º ano fez testes em ciências da natureza e ciências humanas.

Os resultados apresentados têm uma distribuição dos alunos em níveis de proficiências. No entanto, nem o Inep nem o MEC (Ministério da Educação) definiram quais patamares são considerados como adequados.

Assim, não é possível saber o percentual de estudantes alfabetizados até o 2ª ano do ensino fundamental. O governo espera que, até essa série, as crianças de sete anos de idade estejam alfabetizadas.

A média do Brasil em língua portuguesa foi de 750 pontos. Estudantes do 2º ano com desempenho abaixo desse nível não são capazes, por exemplo, de localizar informação explícita em textos de até seis linhas, como bilhete, ou inferir o assunto de um cartaz -45% dos estudantes do país estão nessa situação.

Com exceção de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, todos os estados das regiões Centro-oeste, Sul e Sudeste superam a média do país em português.

Em matemática, só Ceará e Pernambuco superam a média no Norte e no Nordeste. Nas outras regiões do país, apenas Minas Gerais, Mato Groso e Mato Grosso do Sul ficaram abaixo da média nessa disciplina.

*Todos os comentários são de responsabilidade dos seus autores