Morre Cira do Acarajé

 Morre Cira do Acarajé
Compartilha
[wp_bannerize group="Pub - Inferior notícias" random="1" limit="1"]

Jaciara de Jesus Santos, mais conhecida como Cira, uma das baianas de acarajé mais conhecidas do Brasil, morreu na manhã desta sexta-feira (04), aos 70 anos. De acordo com informações obtidas pelo BNews, ela estava internada no Hospital São Rafael. A causa da morte ainda não foi revelada.

Baiana de tradição, com 50 anos dedicados à profissão, Cira recebeu, no ano passado, o prêmio de Melhor Acarejé pelo júri Veja Comer e Beber, o 16º da carreira dela.

A arte de preparar o acarajé, com vatapá, molho de pimenta, salada de tomate e generosos camarões secos, Cira aprendeu com a mãe. Mas, no começo de tudo, a massa era batida e triturada com a mão. Só depois que ela aderiu à batedeira.

O Acarajé da Cira é um dos mais tradicionais da capital baiana, localizado no bairro boêmio da cidade, o Rio Vermelho, além de ter um quiosque em Itapuã. Os pontos são paradas obrigatórias de turista, famosos e baianos que não abrem mão de um pouco de dendê na veia.

Em 2014, durante uma viagem pela Argentina, a baiana passou mal e chegou a ser internada em um hospital local. O médico, na época, descartou infarto. 

*Todos os comentários são de responsabilidade dos seus autores