Mercado automotivo aponta tendências para o próximo ano

 Mercado automotivo aponta tendências para o próximo ano
Compartilha
[wp_bannerize group="Pub - Inferior notícias" random="1" limit="1"]

Após passar por várias crises nos últimos anos, o Brasil enfrenta novas dificuldades diante da pandemia e de forma inusitada, na avaliação Flávio Padovan, sócio da MRD Consulting. “Em qualquer outra crise é possível avaliar cenários e construir planos. Mas agora é difícil porque não se consegue prever a extensão nem a profundidade dela. O mercado oscila muito por perspectivas boas e ruins. Todos acreditam que a vacina possa funcionar e dê uma certa estabilidade”, avalia.

Do mercado, antes da pandemia ele já observava algumas tendências: a venda de carros mais para empresas do que para indivíduos, pessoas se desapegando da propriedade e entendendo que é mais barato contratar seu uso e as montadoras experimentando esse modelo.

Em paralelo isso, há um movimento de motores limpos, para ajudar o meio ambiente. “Vimos grandes avanços. Este ano devemos vender mais de 20 mil eletrificados e em 2021, mais de 40 mil carros. É uma tendência irreversível”, diz Padovan.

*Todos os comentários são de responsabilidade dos seus autores