Kannário quer que governo federal garanta acesso à internet a famílias beneficiárias de programas sociais

 Kannário quer que governo federal garanta acesso à internet a famílias beneficiárias de programas sociais
Compartilha
[wp_bannerize group="Pub - Inferior notícias" random="1" limit="1"]

O deputado federal Igor Kannário (Democratas) quer que o governo federal garanta o acesso à internet a famílias beneficiárias de programas sociais, como o Bolsa Família. O parlamentar ingressou com um projeto de lei na Câmara dos Deputados e sugeriu que tal ação seja realizada através do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (Fust).

A sugestão de Kannário do PL 943/2021 é que os recursos passem a ser utilizados para aquisição e também para a manutenção dos acessos e terminais de serviço móvel para essas famílias. O parlamentar também sugeriu que os recursos sejam feitos preferencialmente em nome da mulher da família beneficiária.

“A proposta fornece alternativas para o financiamento da conectividade da população beneficiária dos programas sociais, possibilitando, assim, que a população continue tendo acesso a educação, informação e serviços públicos, que cada vez estão mais digitalizados”, escreveu o deputado em sua justificativa.

O parlamentar argumentou que os benefícios sociais fornecidos pelo governo federal nas mais diversas áreas visam suprimir necessidades materiais básicas da população mais carente. “Um recurso que se mostrou cada vez mais básico e essencial é a conectividade”.

“Atualmente é por meio da internet que é possível conseguir novos empregos, novas qualificações e novas oportunidades. Esse papel fica ainda mais relevante quando se considera que grande parte das escolas e outros órgãos públicos estão fechados para o atendimento ao público e, com isso, importantes mecanismos para quebra dos ciclos de pobreza ficam também prejudicados, reforçando a necessidade de ajustes nas ferramentas de assistência social”, destacou Kannário sobre a importância da conectividade durante a pandemia.

*Todos os comentários são de responsabilidade dos seus autores