Gratuidade de água potável em bares e restaurante, propõe Deputado baiano em seu projeto de lei.

 Gratuidade de água potável em bares e restaurante, propõe Deputado baiano em seu projeto de lei.
Compartilha
[wp_bannerize group="Pub - Inferior notícias" random="1" limit="1"]

O deputado Alex da Piatã, propõe obrigar estabelecimentos que comercializam alimentos ou refeições para consumo no local, servir de forma gratuita, água potável aos seus clientes. No Projeto de Lei 25.055/2020, apresentado na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), o deputado explica que a proposição objetiva a melhoria da saúde das pessoas, além da proteção da economia popular e do meio ambiente.

De acordo com o parlamentar, o consumo de água potável é essencial à saúde e que “o custo da água mineral engarrafada está elevadíssimo em restaurantes, bares e estabelecimentos congêneres da capital”. Para Alex, “os consumidores que ainda podem e/ou necessitam frequentar esses estabelecimentos estão deixando de consumir água para reduzir o valor final da conta”. O aspecto ecológico da medida, com a redução do descarte de garrafas plásticas, também é demonstrado por Piatã. “A água mineral engarrafada tem pesado nas contas dos clientes em restaurantes, bares, lanchonetes e cafés do nosso Estado. O preço tem chegado a valores absurdos de até R$ 6,80 a garrafa de 310 ml, em restaurantes de classe média. Esse preço se aproxima do valor de outras bebidas menos saudáveis, como refrigerantes e bebidas alcoólicas, sendo certo, ainda, que todas essas bebidas engarrafadas ou enlatadas são geradoras de resíduos sólidos, que demandam todo um tratamento especial em razão da necessidade de preservação do meio ambiente”, argumentou o parlamentar.

*Todos os comentários são de responsabilidade dos seus autores