Gal Costa brinca ao ver seu nome triunfar como segundo lugar na natação; entenda

 Gal Costa brinca ao ver seu nome triunfar como segundo lugar na natação; entenda
Compartilha

O segundo lugar do nadador brasileiro Guilherme Costa na classificatória para as finais dos 800 metros livre na natação empolgou a cantora Gal Costa.

Apesar de não conhecer o esportista, Gal comemorou muito o resultado por um motivo diferente. No momento em que os nadadores chegaram ao fim da etapa, o nome de Guilherme apareceu abreviado como G. Costa. Foi então que ela se sentiu representada.

representada.

“Sou prata em Tóquio!!! Obrigada pela torcida”, brincou ela. Com isso, as redes sociais foram à loucura. “Gal Costa medalha de prata em Tóquio no auge de seus 75 anos”, postou um seguidor.

 

“Gal Costa superando a idade e classificando o Brasil para final de 800m livres na natação”, postou outro. “Nas minhas Olimpíadas musicais, Gal Costa ganha ouro e não precisa nem molhar o dedinho do pé na piscina”, brincou um terceiro.

Comparações entre competidores e famosos estão em alta nas Olimpíadas 2020. Ao longo da primeira semana dos Jogos Olímpicos de Tóquio, internautas têm encontrado semelhanças entre alguns atletas e celebridades. Fãs compararam nomes como Lady Gaga, 35, Drake, 34, e até mesmo Marília Mendonça, 26, com competidores da Olimpíada.

A cantora pop foi comparada com Julyana Al-Sadeq, atleta de taekwondo da Jordânia. O assunto viralizou no Twitter e fãs criaram memes e piadas com a semelhança. “A Lady Gaga tá em todo lugar, o ‘gagaverso’ é real”, disse um. “Agora entendi porque a Lady Gaga abandonou a era Chromatica do nada”, brincou outro.

A rainha da sofrência Marília Mendonça também teve sua “sósia” encontrada no evento. Fãs compararam a artista à veterana do skate brasileiro, Pâmela Rosa. “A Pâmela tem uma vibe Marilia Mendonça maloqueira”, disse uma internauta. “A Pâmela é a Marília Mendonça do Skate”, pontuou um segundo. Rosa não conseguiu se classificar para a final da modalidade.

*Todos os comentários são de responsabilidade dos seus autores