Enfermeira empurra maçã com paciente de COVID-19 após protesto fechar rodovia.

 Enfermeira empurra maçã com paciente de COVID-19 após protesto fechar rodovia.
Compartilha
[wp_bannerize group="Pub - Inferior notícias" random="1" limit="1"]

Uma enfermeira precisou empurrar uma maca com uma paciente pela estrada de terra em trecho da rodovia Transmazônica, no Pará, por causa de um bloqueio de caminhões na via nesta sexta-feira (12/02). O caso aconteceu entre o km 30 e o distrito de Miritituba, em Itaituba, oeste do estado.
Dois caminhoneiros bloquearam o trecho, como forma de protesto por acidentes no trecho. Segundo uma funcionária do Hospital Municipal de Rurópolis, uma ambulância transferia a paciente para o Hospital Regional do Tapajós, em Itaituba, quando as duas carretas bloquearam a rodovia, impedindo a passagem do veículo.  Sem negociação com os caminhoneiros, uma enfermeira e o motorista da ambulância empurraram a maca com a paciente por cerca de dois quilômetros em trecho de terra até conseguir alcançar outro veículo para chegar ao porto de Miritituba. 👉 No porto, uma ambulância socorreu a paciente, ainda na balsa que faz a travessia para Itaituba. A paciente foi internada e, segundo os profissionais de saúde, está estável.

*Todos os comentários são de responsabilidade dos seus autores