DEM discute lançar candidato a presidência para afastar ideia de que apoiará Bolsonaro em 2022

 DEM discute lançar candidato a presidência para afastar ideia de que apoiará Bolsonaro em 2022
Compartilha
[wp_bannerize group="Pub - Inferior notícias" random="1" limit="1"]

O DEM já discute lançar um nome como pré-candidato à Presidência da República, de acordo com a coluna de Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo.

Uma parte do partido acredita que, desta forma, seria possível estancar a ideia de que se jogou nos braços de Jair Bolsonaro e vai apoiá-lo para um novo mandato em 2022.

O nome mais forte do partido hoje é o do ex-ministro da saúde Luiz Henrique Mandetta. Ele é o único que aparece com percentual de votos em pesquisas eleitorais.

Em entrevista à Rádio Metrópole nesta terça-feira (9), Neto disse que o ex-ministro é um nome qualificado, só tem antecipado as discussões sobre 2022.

A desconfiança de que o DEM poderá apoiar Bolsonaro surgiu depois do racha do partido na disputa pela presidência da Câmara dos Deputados. A legenda ficou oficialmente neutra, e beneficiou o candidato Arthur Lira (PP-AL), que venceu a eleição.

*Todos os comentários são de responsabilidade dos seus autores