Colbert quer apoio de Carlos Geílson e promete participar de debate no 2° turno

 Colbert quer apoio de Carlos Geílson e promete participar de debate no 2° turno
Compartilha
[wp_bannerize group="Pub - Inferior notícias" random="1" limit="1"]

O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho (MDB), afirmou nesta segunda-feira (16), em contato com BNews, que já deu o início às tratativas para angariar apoio no segundo turno, que será realizado no dia 29 de novembro.

O emedebista vai disputar o pleito com o deputado federal Zé Neto, do PT, que teve quase 10 mil votos a mais que o atual prefeito.

Apesar do ter ficado atrás do petista, Colbert vê com naturalidade o resultado e, para derrotar o adversário, considera trazer para si não só nomes ligados à direita, como também mais ao centro e centro-esquerda, como o ex-deputado Carlos Geílson, do Podemos, da base do governador Rui Costa (PT).

O líder do Executivo feirense confia que vai conseguir o apoio do eleitorado mais conservador, que pode ter optado pelo voto em José de Arimateia (Republicanos) e Dayane Pimentel (PSL). 

“No meu entendimento, as pessoas que tem posição bem diversa ao PT, de forma natural podem nos acompanhar. Vou pedir a essas pessoas, assim como Carlos Geílson, como vamos buscar eleitores que apsotaram no Novo e que não tem nenhum tipo de proximidade com o PT”, declarou Colbert.

Ausente no debate da TVE, o prefeito garantiu que no segundo turno a sua participação é “indispensável”. Ele ressalta que o processo de afunilamento para duas candidaturas eleva a qualidade e poder de influência do debate, que na sua visão não teve nenhum efeito no resultado eleitoral do primeiro turno.

“Nesse momento é um contra o outro, não tem meio-termo. Há entendimento que se houverem debates, é absolutametne indispensável a participação. A forma como foram conduzidos [no primeito turno] não tiveram nenhum tipo de repercussão nesse resultado”, avalia.

*Todos os comentários são de responsabilidade dos seus autores