Caminhoneiros confirmam paralisação a partir de hoje, mas o estado da Bahia não vai aderir.

 Caminhoneiros confirmam paralisação a partir de hoje, mas o estado da Bahia não vai aderir.
Compartilha
[wp_bannerize group="Pub - Inferior notícias" random="1" limit="1"]

Apesar de confirmada a paralisação por tempo indeterminados dos caminhoneiros, a Bahia não irá aderir ao protesto, o coordenador administrativo do Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas do Estado da Bahia (Sindicam), José Bione, afirmou que a decisão também engloba os outros estados do Nordeste do país.

 

Em nota, a Federação Interestadual dos Transportadores Rodoviários Autônimos de Cargas e Bens da Região Nordeste (Fecone) afirmou não reconhecer as lideranças que encabeçam a paralisação. Para a entidade, “o melhor caminho é o diálogo”.

 

“Reconhecemos a necessidade de avanços para a melhoria dos transportadores autônomos de cargas. Não reconhecemos as lideranças que estão provocando paralisação para o próximo dia 01. Todos, por unanimidade, não aprovam nem aceitam este movimento. Reconhecemos a nossa Confederação de Grau superior a CNTA como órgão de liderança máxima dos transportadores autônomos de cargas do Brasil”, diz nota.

*Todos os comentários são de responsabilidade dos seus autores