Bruno Reis não descarta a possibilidade de Lockdown e defende o toque de recolher.

 Bruno Reis não descarta a possibilidade de Lockdown e defende o toque de recolher.
Compartilha
[wp_bannerize group="Pub - Inferior notícias" random="1" limit="1"]

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), defendeu o toque de recolher decretado pelo governador da Bahia (Rui Costa) para conter o avanço dos casos de Covid-19. A medida será válida inicialmente por sete dias, das 22h às 5h, e passar a vigorar a partir desta sexta-feira (19) em 343 cidades baianas. O decreto foi publicado no Diário Oficial do Estado na manhã desta quarta (17).

Caso as pessoas não respeitem o toque de recolher, e consequentemente, não haja diminuição no número de casos da Covid-19 na capital baiana, o prefeito não descarta a possibilidade de decretar lockdwn na cidade.
” ‘Estamos livres de decretar lockdown? Não’. E ontem isso foi discutido claramente […] Espero que todos respeitem o toque de recolher e evitem aglomerações”.

*Todos os comentários são de responsabilidade dos seus autores